01/03/2014 09h00 | Atualizado em 28/07/2014 20h01

Meninas brigam na saída da aula em Escola Estadual de MS; confira o vídeo

Redação
redacao@94fmdourados.com.br

Mais um caso de briga após o horário de aula foi registrado em Campo Grande nesta semana. Na última segunda-feira (24), duas adolescentes de 14 anos se envolveram em uma briga no final da aula na Escola Estadual José Barbosa Rodrigues, no bairro Universitário. As imagens foram gravadas e se espalharam pela internet.

O diretor da escola, Edvaldo Lourenço, disse que a briga aconteceu no término das aulas do período vespertino, em uma rua próxima da escola. A direção ficou sabendo do caso no dia seguinte, quando a mãe da menina que foi agredida procurou a escola.

Segundo Lourenço, as duas adolescentes foram advertidas pela escola. Como a briga aconteceu fora do estabelecimento escolar, a aluna que agrediu não recebeu punição por parte da direção, que vai aguardar o desenrolar do caso por meio da Promotoria da Infância e Juventude.

A mãe da adolescente agredida foi orientada a procurar a Polícia Civil para registrar um boletim de ocorrência. Os pais também foram aconselhados a comunicar à escola caso fiquem sabendo de desavença entre os alunos para que possam ser tomadas medidas de prevenção.

Na manhã de sexta-feira (28), as duas adolescentes envolvidas na briga foram até a delegacia.

Casos de brigas entre estudantes e que acabam na internet vêm se tornando notícia frequentemente no Estado. Em setembro do ano passado, na Escola Estadual José Ferreira Barbosa, Vila Bordon, em Campo Grande (MS), a adolescente Luanna Vieira Gregório, de 15 anos, foi morta com golpes de faca por uma colega de classe. As duas discutiram durante a aula, porque Luanna teria borrifado um perfume e isso irritou a aluna de 16 anos, que seria alérgica ao aroma.

Neste mês, um vídeo de uma briga entre dois alunos do 8º ano da Escola Estadual Coronel José Alves Ribeiro, em Aquidauana, se espalhou pelas redes sociais. A briga aconteceu dentro da sala de aula no horário do intervalo. Em Bataguassu, a briga entre duas adolescentes terminou com uma garota com um corte profundo no rosto feito por um estilete caseiro.

*Com informações do Midiamax

Veja o vídeo: