07/11/2013 15h11 | Atualizado em 28/10/2014 06h31

Papa Francisco interrompe audiência para abraçar homem doente e desfigurado

A neurofibromatose é uma doença hereditária, não contagiosa

Bol
redacao@94fmdourados.com.br

O papa Francisco interrompeu a audiência geral de quarta-feira (6), na praça São Pedro, no Vaticano, para consolar um homem doente.

As imagens agora estão ganhando as redes sociais. A atitude do papa de abraçar o enfermo, que aparentemente sofre de neurofibromatose, emocionou o público, que já compara a cena àquela que seria de Jesus tocando --e curando-- um leproso.

A neurofibromatose é uma doença hereditária, não contagiosa, que se caracteriza pelo aparecimento de tumores benignos na pele e em outras partes do corpo.

Na mesma audiência, o papa pediu que os 50 mil fiéis presentes fizessem um minuto de silêncio e rezassem uma Ave Maria pela saúde da menina Noemi, de 16 meses, que sofre de atrofia muscular.

"Antes de vir para a praça encontrei uma criança de um ano e meio que tem uma doença gravíssima. Nós não a conhecemos, mas é uma menina batizada, é uma de nós, uma cristã, então façamos um ato de amor por ela, vamos pedir ao Senhor que a ajude e lhe dê saúde", disse o pontífice, que depois agradeceu aos fiéis pelo "ato de caridade".