Assassinos de escola frequentavam lan house juntos para participar de jogos online de combate

Guilherme Taucci Monteiro e Luiz Henrique de Castro, os assassinos de Suzano — Foto: Reprodução
Guilherme Taucci Monteiro e Luiz Henrique de Castro, os assassinos de Suzano — Foto: Reprodução

Luiz Henrique de Castro e Guilherme Taucci Monteiro, que mataram oito pessoas na Escola Estadual Professor Raul Brasil, em Suzano, nesta quarta-feira (13), frequentavam uma lan house perto de casa para usar internet e participar de jogos online de combate com armas.

O G1 esteve no local logo após uma equipe de policiais civis e peritos apreender o computador número 9, o preferido pela dupla.

Segundo Tatiane Mota, 27 anos, promotora de vendas que trabalhou na lan house, os dois rapazes não costumavam interagir com outros frequentadores do local.

Ela é ex-funcionária do estabelecimento e conhece a dupla. "Hoje eu frequento a lan house também, não tinha amizade com eles, mas os conheci por atendê-los várias vezes. Geralmente eles vinham para jogar CS (Counter Strike), Call of Duty ou Mortal Kombat."

A última vez que estiveram na lan house foi dia 22 de fevereiro. "Eles vieram e ficaram 10 minutos e foram embora", disse Tatiane.

"Os policiais vieram aqui e levaram o computador que eles mais usavam na tentativa de conseguir a senha usada por eles nas redes sociais", disse ela.

Os assassinos sempre iam ao local juntos. "Eles revezavam um pingente de colar em forma de cruz com uma suástica nazista. Ora um usava o computador ora o outro jogava", disse Tatiane.


Comentários
Os comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei ou que não contenha identificação não serão publicados.
  • anna

    anna

    Eles são monstros!! Havia alunos no chão mortos e mesmo assim davam machadadas nos corpos!!! Pelo menos se mataram, pois se estivessem vivos iam responder em liberdade, pois iam alegar que são doidos não sabiam o que faziam !!!! Que revolta de ver aquela cena !!!!

  • ICaro

    ICaro

    Sera que foi isso que motivou eles a fazerem isso? Muito fraco esses argumentos