Base da PM é alvejada e carro oficial é alvo de tentativa de incêndio

A base da PM foi atacada por volta das 22h45 deste sábado em SC

Os ataques chegam ao sétimo dia consecutivo em Santa Catarina. Desde a segunda-feira (12), 15 cidades do estado registraram ações criminosas. Ainda assim, o número diminuiu em relação aos primeiros dias. Entre a noite de sábado (17) e o início da manhã de domingo (18), houve um ataque a uma base da Polícia Militar e uma tentativa incêndio a um veículo. Além disso, lixeiras foram incendiadas na capital, mas polícia suspeita de vandalismo.


A base da PM foi atacada por volta das 22h45 deste sábado (17), no bairro Ingleses, Norte de Florianópolis. Segundo a polícia, um veículo passou em frente ao local e disparou oito tiros contra o prédio. Ninguém ficou ferido e o trabalho no local seguiu normalmente, conforme a PM.


A tentativa de ataque foi a um veículo oficial com adesivos da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc). De acordo com a PM, o carro estava estacionado no Portal da Barra, um condomínio residencial do bairro Barra do Aririú, em Palhoça, na Grande Florianópolis. O atentado também ocorreu por 22h45, quando um motociclista passou e tentou atear fogo no automóvel. Segundo a PM, as chamas começaram a atingir o veículo, mas um grupo de moradores do bairro conseguiu apagar o fogo e somente os pneus foram queimados.


Já neste domingo (18), às 5h40, um grupo de jovens incendiou algumas lixeiras, na Avenida Mauro Ramos, em Florianópolis. Conforme a PM, a suspeita é que não seja um ataque, mas um ato de vandalismo. Ninguém foi preso.