Procon de Dourados divulga segunda pesquisa com valores de peixes e chocolates para a Páscoa

Foram analisados 138 itens em 14 estabelecimentos do município.

Dos ovos de Páscoa pesquisados, 34 apresentaram diferença superior a 30% - Foto: Pixabay
Dos ovos de Páscoa pesquisados, 34 apresentaram diferença superior a 30% - Foto: Pixabay

O Programa Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de Dourados divulgou na manhã desta quarta-feira (17) a segunda pesquisa, realizada ontem, com os preços dos peixes e os chocolates consumidos na Semana Santa. Foram analisados 138 itens em 14 estabelecimentos do município.

Dos ovos de Páscoa pesquisados, 34 apresentaram diferença superior a 30% entre o menor e o maior preço. Já nos peixes, foram encontrados sete produtos com diferença maior a 50%. 

De acordo com o Procon, o produto com maior diferença entre o menor e o maior valor foi o Ovo Baton lata 180g, encontrado a R$ 19,90 e a R$ 55,90, diferença de 180,90%. O segundo ovo com maior diferença foi o Diamante Negro de 202g, que apresentou diferença de 100,46% entre o menor e o maior preço.

O peixe também teve grande variação de valores. No quilo de pintado inteiro, por exemplo, teve diferença de 107,38% entre um estabelecimento para outro. Já o bacalhau apresentou diferença de 107,44% e o filé de tilápia foi encontrado com menor preço de R$ 19,90 e o maior preço de R$ 35,49, diferença de 78,34%.

O Procon alerta que consumidor deve ficar atento às especificações contidas na embalagem, como prazo de validade, composição e peso líquido do produto. O telefone do órgão de defesa do consumidor é 3411-7754 ou 151.

As pesquisas completas foram disponibilizadas para download no site da prefeitura.


Comentários
Os comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei ou que não contenha identificação não serão publicados.