Mulher assassinada a facadas em Dourados tinha 18 anos; acusado foi preso

  • Ligado na Notícia

Identificada como Larissa Silva da Cruz, de 18 anos, a mulher encontrada morta com aproximadamente 20 facadas, na antiga pedreira de Dourados, nesta terça-feira (15), sentido Laguna Carapã. 

De acordo com o apurado pela reportagem, peritos da Polícia Civil a identificaram através das impressões digitais já que recentemente ela fez um documento de RG. Em seguida, a família foi contatada e quem a reconheceu foi a mãe. 

Larissa é natural de Itaporã, mas há um ano morava em Dourados. A vítima foi atingida com golpes nas costas, cabeça, e mãos. 

Acusado foi preso

Já está preso Luciano Pedrosa de Oliveira, de 25 anos, principal suspeito de ter matado a namorada Larissa da Silva Cruz, de 18, com aproximadamente 30 facadas. 

Segundo informações do delegado de Polícia Civil, Rodolfo Daltro, Luciano estava fugindo para São Paulo. A princípio, ele teria pego um ônibus em Dourados, foi para Campo Grande, e de lá, seguiria para o Estado paulista, no entanto, acabou sendo abordado e preso em Bataguassu.

Ele deverá chegar a Dourados ainda hoje (16).


Comentários
Os comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei ou que não contenha identificação não serão publicados.
  • José

    José

    Que Deus conforte o coração dos Familiares e amigos!!
    A Equipe do SIG com certeza já esta na cola do assassino!!!
    Quem nos dera se a Equipe do SIG pudesse ser tipo Super Heróis, assim antes do crime acontecer eles já evitariam, porque os caras São muito bom em investigação!!!