"Porque Amo Paris"

Por muito tempo relutei em escrever algo, tipo guia sobre Paris, porque não gosto do endeusamento que se dá a ela. Muitas outras cidades europeias e do mundo têm suas belezas e é preciso ressaltá-las. Entretanto, pelo fato de ser uma cidade de destinação de brasileiros há muito tempo, temos uma ligação cultural e forte entre estes dois países, a França e o Brasil.

Então, terminei decidindo escrever algo, um guia "Minha Paris Brasileira: um guia turístico ao gosto verde-amarelo na cidade Luz". Acostumada a andar nesta cidade, a pé, fui procurar os traços dos compatriotas na cidade. Em cada bairrro, tentei encontrar um de forma a me falar dele, com o olhar de um brasileiro. Presente. Mas também vasculhei o passado para encontrar traços de vários outros compatriotas que por aqui estiveram, em várias áreas do conhecimento.

Um deles é Vinícius de Morais, que foi diplomata na Cidade Luz depois de ter chegado por aqui, quando ainda trabalhava em Londres. Ele deixou registrado no seu poema "Porque Amo Paris" seu encontro com a cidade após ter apanhado um resfriado em Londres e decidido, em dezembro de 1938, juntar algumas libras e curá-lo em Paris: "Sem dinheiro, sem orientação, chegou a essa cidade amanhecente que teria um papel tão decisivo em sua vida. (...) Era tudo azul e cinza-azul, como no soneto de Rubem Braga: uma coisa insdescritível de beleza (...)"

Depois, quando esteve pela cidade, escreveu outros poemas, percorrendo a Ponte Mirabeau, bebendo chá com sua bela no The Tea-Cady ao lado da Notre-Dame... Amou Paris.

Bom final de semana!

Comentários
Os comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei ou que não contenha identificação não serão publicados.