DEFRON apreende mais de três toneladas de drogas e quatro pessoas são presas em duas operações

  • Redação 94 FM
DEFRON apreende mais de três toneladas de drogas e quatro pessoas são presas em duas operações

Nesta segunda-feira (14), policiais da DEFRON realizaram a abordagem de dois homens no Bairro Jardim das Palmeiras, em Coronel Sapucaia, em local onde funcionaria um entreposto de maconha e skunk.

Na varanda da casa monitorada, os policiais encontraram fardos de maconha e vários pacotes de skunk com Marco Meza e Eder Michael Casco de Souza, os dois de 32 anos e nacionalidade paraguaia. Pesada, a droga totalizou 302 quilos, de maconha e 51 quilos de skunk.

Perguntados sobre a droga, os presos alegaram que seria encaminhada para um comprador residente em Campo Grande. Eles foram conduzidos até a Defron e autuados em flagrante acusados pelo crime de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Operação semelhante ocorria por volta das 16h no Bairro Júlia Cardenal, em Ponta Porã. Foi identificado que grande quantidade de drogas se encontrava armazenadas no imóvel. No local, duas pessoas foram presas, Dayane de Freitas Oliveira, de 32 anos, e Rogério Luiz Urizar Junior, de 33 anos.

Outra pessoa que se encontrava no imóvel, o namorado de Dayane,  conseguiu fugir do local pulando um muro lateral da residência. Uma camionete S-10, que se encontrava no imóvel, foi apreendida. A droga foi pesada e totalizou 1950 quilos, entre maconha e skunk.

Perguntado sobre a droga, o homem alegou ser corretor de imóveis e que teria ido ao local apenas para mostrá-lo ao casal que estaria interessado em comprá-lo. Contudo, ao contrário dessa versão, foi apurado que ele e a mulher são vizinhos e que juntos estariam atuando no tráfico de drogas.

Já a mulher, que no momento da abordagem, tentou entrar na camionete e empreender fuga e permaneceu em silêncio sem prestar esclarecimentos. Eles foram presos em flagrante pela prática de tráfico de drogas e associação para o tráfico.


Comentários
Os comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei ou que não contenha identificação não serão publicados.