Dourados registrou 131 casos confirmados de dengue, zika e chikungunya em 2018

O número representa um aumento de 107 casos em comparação com o ano anterior.

As três doenças são transmitidas pelo Aedes aegypti - Pixabay
As três doenças são transmitidas pelo Aedes aegypti - Pixabay

Em 2018, Dourados registrou 131 casos confirmados de dengue, zika e chikungunya. As três doenças são transmitidas pelo Aedes aegypti.

Segundo o coordenador da Vigilância, Devanildo de Souza, no ano passado, tiveram 153 casos de dengue notificados e 40 confirmados. De chikungunya teve um total de 156 notificados com 90 casos positivos. Enquanto a zika, teve um caso confirmado.

Leia também:
Lei prevê medidas de prevenção à dengue, chikungunya e zika para grávidas em MS

O número representa um aumento de 107 casos em comparação com o ano anterior. Durante todo o ano de 2017, Dourados registrou 24 casos confirmados das três doenças. Foram 171 notificações da dengue, resultando em 21 casos confirmados da doença. Zika teve 26 situações suspeitas, com um caso positivo, e a chikungunya teve 34 notificações, com dois casos positivos.

DICAS

Para evitar a dengue, zika e chikungunya é preciso ter cuidado com a higiene, mantendo os quintais limpos, piscinas tratadas, limpeza das calhas, limpeza nos bebedouros de animais ou qualquer outro objeto que possa acumular água.


Comentários
Os comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei ou que não contenha identificação não serão publicados.