Obras de creche iniciadas há 4 anos ainda não foram concluídas em Dourados

Enquanto o espaço continua com as obras inacabadas, as crianças precisam ser matriculadas em bairros distantes de onde moram.

as obras do Ceim do Jardim Vitória iniciaram há quatro anos (Foto: divulgação/94FM)
as obras do Ceim do Jardim Vitória iniciaram há quatro anos (Foto: divulgação/94FM)

Os moradores do Jardim Vitória, em Dourados, estão reclamando da demora para terminar a obra do Ceim (Centro de Educação Infantil do Município). 

A construção iniciou no ano de 2014, porém, até hoje, não foi concluída. Enquanto o espaço continua sem ser concluído, as crianças precisam ser matriculadas em bairros distantes de onde moram, isso quando há disponibilidade de vagas. Em alguns casos, os pais deixam de ir trabalhar ou pagam uma escola particular.

Outro problema é a falta de segurança na construção. Apesar de ter um vigia que trabalha no local, não é o suficiente, já que, segundo relatos da própria população, muitos materiais são furtados da localidade com frequência.

Os pais informaram que foi enviado um questionamento para a Prefeitura de Dourados há três semanas, solicitando uma explicação para a demora da conclusão da creche, mas ainda não tiveram um retorno.

A reportagem da Rádio 94FM tentou contado com a Secretaria Municipal de Educação, mas ninguém atendeu as ligações.

Obras de Ceim do Jardim Vitória ainda não foram concluídas - foto: divulgação
Obras de Ceim do Jardim Vitória ainda não foram concluídas - foto: divulgação

Ceims que já deveriam estar funcionando

Inaugurado em dezembro de 2017, o Ceim (Centro de Educação Infantil do Município) do Jardim Colibri, que tem capacidade para atender até 224 crianças, continua fechado. O local conta com seis salas de creche, duas de pré-escola, uma de leitura multiuso, uma de informática, espaço de serviços com cozinha, lavanderia, lactário, entre outras áreas. 

Outro caso é com a creche que irá atender crianças que moram no Residencial Ildefonso Pedroso. Entregue aos moradores em abril deste ano, o Ildefonso Pedroso conta com 512 apartamentos e grande parte das moradias tem pelo menos duas crianças que já deveriam estar frequentando a creche que está sendo construída aos fundos do próprio residencial. 

Há três meses, os moradores já questionavam a Prefeitura de Dourados, que mesmo sabendo da entrega dos apartamentos não se preocupou em inaugurar o Ceim (Centro de Educação Infantil do Município) na mesma data.

Comentários
Os comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei ou que não contenha identificação não serão publicados.